Logo da Livon Plataforma EHS

A revolução da saúde corporativa: Onde estamos na jornada?

Prepare-se para adentrar o mundo em constante transformação da saúde corporativa. Nesta jornada rumo a um ambiente de trabalho mais saudável, vamos explorar os avanços, desafios e perspectivas para o futuro. Será que caminhamos em direção a uma revolução no cuidado com a saúde dos colaboradores? Descubra agora mesmo onde estamos nessa jornada fascinante e como as empresas moldam o futuro do bem-estar no local de trabalho. É hora de desvendar os passos dados até agora e vislumbrar o panorama inspirador que está por vir.

 

Abordagem do tema

 

A saúde corporativa, embora ganhe espaço, ainda é um tema subestimado e negligenciado em muitas discussões. Nas redes sociais, eventos e na mídia, é tratada como uma simples tendência, sem levar em consideração a sua verdadeira importância. Isso resulta em consequências desastrosas e incompatíveis com a sustentabilidade das empresas, afetando diretamente a saúde e o bem-estar dos colaboradores, bem como os custos associados à manutenção de regulamentações e benefícios adequados.

A abordagem superficial adotada por algumas empresas consiste em trocar planos de saúde por questão do alto reajuste, ou buscar fornecedores de serviços em saúde ocupacional mais baratos, que prometem resolver questões complexas, como o eSocial, absenteísmo e afastamentos previdenciários. Parece simples, não é?

No entanto, essa mentalidade simplista ignora a essência do cuidado com a saúde corporativa. Não se trata apenas de reduzir custos ou cumprir obrigações burocráticas. É sobre construir uma cultura de bem-estar que se traduza em colaboradores saudáveis, engajados e produtivos. É sobre investir nas pessoas e valorizar o capital humano como o verdadeiro motor do sucesso empresarial.

Neste texto, vamos romper com as limitações e explorar a trajetória real da saúde corporativa. Vamos descobrir as práticas efetivas que empresas visionárias adotam para promover um ambiente de trabalho saudável, em que o cuidado com os colaboradores vai além de meras estratégias financeiras. Prepare-se para uma jornada provocativa e inspiradora, em que desvendaremos as melhores práticas e discutiremos o futuro brilhante da saúde corporativa. É hora de abandonar as soluções superficiais e abraçar uma verdadeira revolução no cuidado com a saúde dos colaboradores.

Simule gratuitamente o Fator Acidentário de Prevenção (FAP), da sua empresa. Basta acessar a nossa calculadora, é simples e gratuito:Clique aqui.

Ambiente estagnado

A falta de coragem para assumir riscos e buscar soluções inovadoras para problemas antigos resultou em um ambiente estagnado, analógico e fragmentado, gerando prejuízos bilionários. E o pior, grande parte desse prejuízo, que chega a aumentar em até 35% a folha de pagamento, ainda não é percebido pela liderança estratégica. Uma situação complicada!

Mas em nossos próximos materiais, revelaremos um grande “playbook” que irá inaugurar uma jornada rumo à saúde corporativa. Por meio de processos digitais, mensuração de progresso e planos de ação, mostraremos como minimizar riscos através de liderança. Neste conteúdo, deixaremos claro que o risco de não fazer nada e permanecer estagnado será maior do que tomar a decisão lógica de seguir um caminho transformador. As lideranças estratégicas em breve serão cada vez mais questionadas e cobradas sobre saúde corporativa.

O ideal é desafiar o status quo e agir com coragem para de fato revolucionar a saúde corporativa. É chegada a hora de tomar as rédeas, deixar a inércia para trás e abraçar uma abordagem mais inteligente e estratégica. Afinal, a saúde corporativa não é apenas uma tendência passageira, mas sim um pilar fundamental para o sucesso sustentável das empresas.

 

E qual é o primeiro passo?

 

A primeira ação deve se concentrar em identificar o nível de maturidade em que sua empresa se encontra. Isso inclui analisar alguns indicadores, focados em questões regulatórias, gestão de saúde e gestão de pessoas, associado ao grau de risco que impactam esse cenário desafiador.

Além disso, é crucial identificar todos os serviços prestados por terceiros e os benefícios oferecidos que já fazem parte do contexto dos seus colaboradores. Parece simples, não é? Mas esse checklist é um passo fundamental rumo à consolidação de informações, que muitas vezes estão fragmentadas e não fornecem uma base sólida para iniciar as primeiras ações.

A próxima etapa é a identificação dos dados provenientes dessa base de informações, caso ela exista. Por exemplo, nos planos de saúde, é preciso obter informações sobre a sinistralidade, qual o impacto direto e quem são os principais responsáveis pelos altos custos. É necessário analisar os percentuais de absenteísmo, as principais causas e se existem dados que possam levar a um plano de redução ou contenção.

Enfim, é hora de verificar se o mínimo de informações disponíveis pode levar a um grau de maturidade que nos permita avançar para a próxima etapa. E não se preocupe, essa série de conteúdos continuará, e prometo que será extremamente enriquecedora.

Junte-se a nós nessa jornada de descobertas e transformação. Vamos desvendar os segredos da saúde corporativa e pavimentar o caminho para um futuro mais saudável, produtivo e inspirador. Entre em contato com a Livon hoje mesmo, clicando aqui, e vamos iniciar essa transformação juntos.

Acompanhe nossos próximos textos para os próximos passos.

Compartilhe este conteúdo

LinkedIn
WhatsApp

Plataforma SaaS da Livon

Não perca tempo, entrem em contato agora e conheça melhor plataforma EHS do mercado

Os mais lidos:

A Importância da Saúde Mental no Ambiente de Trabalho

Abordamos os desafios enfrentados pelas empresas, como o estigma da saúde mental, ambientes de trabalho tóxicos e sobrecarga de trabalho. Discutimos as consequências, incluindo absenteísmo, queda de produtividade e aumento de custos com saúde. Ambientes hostis aumentam o estresse e afetam a reputação da empresa, afastando talentos.

Leia mais »
logo livon