Logo da Livon Plataforma EHS

O crescimento da gestão dos cuidados em saúde corporativa, adoção de tecnologia e novos modelos.

Muitas empresas vêm adequando-se ao processo de digitalização em saúde ocupacional, mas agora passa por um momento único, justamente pelas novas regulamentações lançadas pelo governo, e que referem-se diretamente à saúde dos colaboradores.

O estágio dessas mudanças já não é mais tão inicial assim, e considerando que precisam ganhar tempo nestas implantações, a Livon Saúde vem ganhando um espaço muito grande neste mercado, pois já possui uma experiência muito robusta em gestão dos cuidados focada em saúde corporativa.

Além de desenvolver novos métodos e processos, constrói toda a base tecnológica com time próprio, fundamental para auxiliar os departamentos de recursos humanos nesta jornada, e posicionando este departamento de maneira mais estratégica, desonerando de um trabalho somente processual e repetitivo.

“Estamos focados muito além de compliance, ou seja, importa o acesso e a experiência dos colaboradores, durante seus exames ocupacionais”, comenta o fundador e CEO da Livon, Rodrigo Tanus.

Já com uma bagagem na implantação de grandes projetos como General Motors, Grupo Lunelli, Incasa SA, entre outros, a Livon segue seu crescimento acelerado de 380% somente em 2022, repetindo números semelhantes ao de 2021.

“No primeiro semestre de 2022, fizemos vários ajustes em nossa plataforma, além de preparar muito bem o nosso processo de onboarding dos clientes, justamente para que já nesta etapa ocorra a organização de todo o fluxo organizacional. Levamos anos de conhecimento e ferramentas que otimizam todo este trabalho,” comenta o CEO Tanus.

Com mais de 35.000 vidas sob cuidado, a Livon Saúde desenvolveu um modelo único, onde conecta profissionais de saúde, como médicos, enfermeiros, nutricionistas, psicólogos, fisioterapeutas, entre outros, com desenvolvedores, cientistas de dados e engenheiros.

O resultado é uma plataforma alinhada a um processo muito digital, que otimiza tempo dos principais envolvidos em saúde ocupacional, sejam os times e gestores de recursos humanos, SESMT e também o próprio funcionário.

Tanus ainda explica que o momento de crescimento acelerado da Livon ocorreu por conta de um grande preparo na base operacional para uma entrega sólida. Acredita que em saúde, a escalabilidade somente deveria vir com validações muito cuidadosas de cada modelo adotado, e isso requer tempo.

Growth não significa somente aumentar número de clientes ou vidas, mas sim a estruturação de pessoas, tecnologia e métodos. Gerar escala com processos antigos, com arquitetura inadequada, e que já provaram não gerar valor algum, somente custo, não faz sentido algum, conclui.

Compartilhe este conteúdo

LinkedIn
WhatsApp

Plataforma SaaS da Livon

Não perca tempo, entrem em contato agora e conheça melhor plataforma EHS do mercado

Os mais lidos:

A Importância da Saúde Mental no Ambiente de Trabalho

Abordamos os desafios enfrentados pelas empresas, como o estigma da saúde mental, ambientes de trabalho tóxicos e sobrecarga de trabalho. Discutimos as consequências, incluindo absenteísmo, queda de produtividade e aumento de custos com saúde. Ambientes hostis aumentam o estresse e afetam a reputação da empresa, afastando talentos.

Leia mais »
logo livon