Logo da Livon Plataforma EHS

5 investimentos em saúde corporativa com retorno comprovado

Num contexto econômico em que médias e grandes empresas priorizam resultados de curto ou médio prazo, como crescimento de receita ou diversificação do portfólio de produtos, otimizar recursos destinados a benefícios ou obrigações regulatórias, como investimentos em saúde corporativa, que geram pouco ou nenhum valor se tornou essencial.

Essa tendência provoca uma grande reestruturação nos departamentos de recursos humanos, que agora precisam repensar tanto os benefícios oferecidos, por exemplo, plano de saúde, vale-refeição e acesso a academias, e também as demandas obrigatórias em relação ao ambiente e às pessoas.

Conheça agora cinco investimentos em saúde corporativa com retorno comprovado.

Acesso a um time de saúde

O acesso a um time de saúde é uma das premissas da atenção primária, que se preocupa em garantir um acompanhamento adequado para toda a população. Esse time de saúde é composto por médico e enfermeira, e visa principal fazer um diagnóstico completo, identificar fatores de risco, realizar screenings preventivos e controlar doenças crônicas. Quando bem implementada, essa estratégia pode reduzir a sinistralidade, afastamentos e absenteísmo, além de aumentar a satisfação do colaborador.

A atenção primária é uma abordagem de saúde que visa prevenir e tratar doenças precocemente, antes que elas se tornem mais graves e difíceis de serem tratadas. Essa abordagem coloca o paciente no centro do cuidado, e entende suas necessidades e prioridades para poder oferecer um tratamento personalizado e efetivo. O time de saúde é fundamental nesse processo, ao ser responsável por fazer o diagnóstico, planejar o tratamento e acompanhar a evolução do paciente ao longo do tempo.

Quando as empresas se empenham no investimento em saúde corporativa para seus colaboradores, elas estão investindo em prevenção e cuidado. Isso pode trazer diversos benefícios, como a redução de custos com saúde, o aumento da produtividade dos colaboradores e a melhoria da satisfação no trabalho. Além disso, ao garantir um acompanhamento adequado, as empresas estão demonstrando preocupação com o bem-estar e a qualidade de vida de seus colaboradores, o que pode ajudar a reter talentos e fortalecer a imagem da empresa no mercado.

Gestão de atestados/Absenteísmo

A gestão dos atestados médicos e do absenteísmo é um tema importante para as empresas que desejam otimizar seus recursos e maximizar a produtividade de sua equipe. Muitas organizações ainda não aproveitam ao máximo os dados gerados pelos atestados médicos, deixando de identificar padrões e tendências em relação à saúde de seus colaboradores. Além disso, a validação dos atestados pode ser falha, levando a fraudes e custos desnecessários.

Por meio da adoção de plataformas e métodos para a gestão do absenteísmo, é possível reduzir significativamente a incidência de afastamentos e absenteísmo, gerando uma economia considerável para a empresa. Ao mesmo tempo, a atenção primária, quando adequadamente implementada, pode auxiliar na identificação e controle de fatores de risco, realizando screenings preventivos e cuidados com os crônicos, impactando positivamente na saúde dos colaboradores e, consequentemente, na produtividade e satisfação dos mesmos.

É importante que as empresas se atentem à gestão dos atestados e do absenteísmo como uma estratégia para a redução de custos e maximização da eficiência de sua equipe, trata-se de investimentos em saúde corporativa. Além disso, é fundamental que os dados gerados por esses documentos sejam utilizados de forma inteligente e estratégica, a fim de obter insights valiosos para a tomada de decisão e aprimoramento do cuidado com a saúde dos colaboradores.

A Livon desenvolveu uma calculadora que irá te ajudar a entender como está a taxa de absenteísmo da sua empresa. Clique aqui

Gestão dos afastados

A gestão dos afastados é um tema importante para as empresas, pois pode ter um grande impacto em termos de produtividade, encargos tributários e até mesmo no bem-estar dos colaboradores. É necessário que as empresas adotem um processo estruturado de gestão de afastados, para poderem avaliar cada caso de forma individual e tomar as medidas necessárias para apoiar os colaboradores que estão em afastamento.

Um primeiro passo é abordar os colaboradores que estão no INSS, para verificar o status de saúde e entender se a empresa pode oferecer algum tipo de auxílio. Dependendo da condição de saúde, o colaborador pode ter condições de retornar ao trabalho, e nesse caso, a empresa pode reintegrá-lo em seu setor ou em outro, cessando o benefício do INSS. Isso é benéfico para ambas as partes, já que a empresa reduz seus encargos tributários e o colaborador volta a trabalhar, mantendo sua fonte de renda e contribuindo para a produtividade da empresa.

Além disso, é importante que as empresas adotem uma postura proativa na gestão dos afastados, buscando entender as causas dos afastamentos e trabalhando para preveni-los. A análise dos dados provenientes dos atestados médicos pode ser uma ferramenta útil nesse processo, permitindo que a empresa identifique padrões e tome medidas para prevenir os afastamentos.

A gestão dos afastados é um tema complexo que envolve diversos aspectos, desde a abordagem dos colaboradores que estão em afastamento até a oferta de suporte para o retorno ao trabalho. As empresas que adotam uma abordagem estruturada e proativa na gestão dos afastados podem obter benefícios significativos em termos de produtividade, encargos tributários e bem-estar dos colaboradores.

Digitalização da saúde e segurança

A digitalização da saúde e segurança é uma tendência cada vez mais presente nas organizações, permitindo uma gestão mais eficiente e integrada dessas áreas. A adoção de plataformas que integram informações sobre saúde e segurança dos colaboradores possibilita a identificação de características da população, bem como de processos que podem ser otimizados.

Com a digitalização, é possível identificar grupos que podem se beneficiar com programas de saúde mais específicos e direcionados, além de permitir a realização de ações preventivas e redução de custos com planos de saúde, por exemplo. Além disso, a utilização de tecnologias pode otimizar processos, como a gestão de afastados, permitindo uma reintegração mais rápida e eficiente.

Essa prática também pode contribuir para uma cultura de segurança no ambiente de trabalho, ao permitir a identificação de riscos e ações preventivas. Além disso, as informações disponíveis podem ser utilizadas para promover a conscientização dos colaboradores sobre a importância da saúde e segurança no trabalho.

Leia também: “O crescimento da gestão dos cuidados em saúde corporativa, adoção de tecnologia e novos modelos

Gestão de sinistralidade

A gestão de sinistralidade é um tema muito relevante no contexto da saúde corporativa, visto que os custos com planos de saúde têm aumentado significativamente nos últimos anos. Para controlar esses custos e garantir a sustentabilidade do benefício, é essencial que as empresas adotem uma gestão eficiente da sinistralidade.

Os dados provenientes de sinistros são uma fonte valiosa de informação para a gestão da saúde corporativa. Eles permitem identificar os principais ofensores de custo e entender quais são as principais causas de afastamentos e doenças na população da empresa. Com base nessas informações, é possível adotar medidas preventivas e corretivas para reduzir os custos com saúde e aumentar a produtividade dos colaboradores.

Uma das principais estratégias para gerenciar a sinistralidade é a personalização dos planos de saúde oferecidos aos colaboradores. Com base nos dados dos sinistros, as empresas podem identificar quais são as necessidades específicas de cada grupo de colaboradores e oferecer planos de saúde que atendam às suas demandas de forma mais efetiva, reduzindo os investimentos em saúde corporativa. Essa personalização pode incluir desde a inclusão de coberturas específicas até a negociação de preços mais competitivos com as operadoras de saúde.

Além disso, a adoção de medidas preventivas é fundamental para reduzir a sinistralidade. A promoção da saúde e da qualidade de vida dos colaboradores, por meio de programas de bem-estar e prevenção de doenças, pode ajudar a reduzir os afastamentos e os custos com saúde. A gestão do absenteísmo e dos atestados médicos também é importante nesse contexto, permitindo identificar e tratar precocemente as condições de saúde dos colaboradores.

Ou seja, essa preocupação é um tema fundamental para as empresas que buscam controlar os custos com planos de saúde e garantir a saúde e a produtividade de seus colaboradores. A análise de dados dos sinistros e a adoção de medidas preventivas e personalizadas são estratégias essenciais para alcançar esse objetivo.

Quer saber como estão seus custos de sinistro? Descubra através da nossa Calculadora de Sinistralidade.

 

Garanta o retorno dos seus investimentos em saúde corporativa com a Livon

 

Para os empresários que buscam uma solução efetiva em saúde corporativa, a Livon é a escolha ideal. Com a Livon, você terá acesso a uma equipe de profissionais altamente qualificados e a tecnologia de ponta, que lhe proporcionará uma gestão de saúde empresarial eficiente e personalizada. Além disso, nossas soluções são comprovadamente eficazes, e podemos garantir que você verá um retorno comprovado em seu investimento em saúde corporativa. Ao escolher a Livon, você estará fazendo uma escolha inteligente e estratégica para o sucesso da sua empresa.

Não perca mais tempo com soluções de saúde corporativa que não trazem resultados efetivos. Entre em contato conosco hoje mesmo e descubra como transformaremos a saúde da sua empresa. Com nossa abordagem personalizada e foco em resultados, temos certeza de que podemos ajudá-lo a melhorar a saúde e o bem-estar dos seus colaboradores, reduzir custos e aumentar a produtividade da sua empresa. Faça a escolha certa para a sua empresa, clique aqui e escolha Livon.

Compartilhe este conteúdo

LinkedIn
WhatsApp

Plataforma SaaS da Livon

Não perca tempo, entrem em contato agora e conheça melhor plataforma EHS do mercado

Os mais lidos:

A Importância da Saúde Mental no Ambiente de Trabalho

Abordamos os desafios enfrentados pelas empresas, como o estigma da saúde mental, ambientes de trabalho tóxicos e sobrecarga de trabalho. Discutimos as consequências, incluindo absenteísmo, queda de produtividade e aumento de custos com saúde. Ambientes hostis aumentam o estresse e afetam a reputação da empresa, afastando talentos.

Leia mais »
logo livon