Logo da Livon Plataforma EHS

FAP: Entenda como funciona o Fator Acidentário de Prevenção

FAP é a sigla para “Fator Acidentário de Prevenção”. Trata-se de um multiplicador utilizado para calcular o valor da alíquota do Seguro de Acidente de Trabalho (SAT), o qual é um encargo que as empresas pagam para cobrir os custos relacionados a acidentes e doenças ocupacionais.

Neste post, explicaremos como o FAP é calculado, como gerenciar esse multiplicador e quais as vantagens e desvantagens disso. Boa leitura!

 

Como o FAP é calculado?

 

O cálculo do FAP é realizado pela Previdência Social, com base no histórico de acidentes e doenças ocupacionais ocorridos na empresa nos últimos dois anos, e considera a sua respectiva gravidade, custos e a quantidade de benefícios concedidos pelo INSS.

Leia também: “Gestão de atestados em saúde

O FAP tem um índice que varia de 0,5 a 2,0, sendo que empresas com menor incidência de acidentes de trabalho e doenças ocupacionais terão um FAP menor, enquanto empresas com maior incidência terão um FAP maior. O valor do FAP é atualizado anualmente e pode ser consultado no site da Previdência Social.

 

Como gerenciar o FAP?

 

Para gerenciar o FAP, é necessário adotar algumas medidas preventivas para evitar acidentes de trabalho, reduzindo, assim, a incidência de afastamentos e óbitos relacionados ao trabalho. Algumas dicas são:

  • Investir na capacitações para os colaboradores, para garantir que eles estejam preparados para lidar com as atividades que desenvolvem na empresa;
  • Realizar avaliações e análises de riscos, identificando as situações que podem gerar acidentes de trabalho e buscando soluções para minimizar esses riscos;
  • Implementar medidas de segurança, como uso de EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) adequados e seguros para cada tipo de atividade desenvolvida na empresa;
  • Manter os registros de acidentes atualizados e conforme as normas regulamentadoras, para permitir a análise e o gerenciamento desses casos;
  • Acompanhar periodicamente o FAP e realizar ações corretivas caso seja necessário, visando manter o índice em um patamar baixo e reduzir os custos com o SAT.

Além dessas medidas, é importante manter a empresa sempre atualizada em relação às normas e leis trabalhistas e de segurança do trabalho, buscando sempre aprimorar as práticas de gestão de saúde e segurança do trabalho.

Leia também: “Gestão de rotinas em saúde ocupacional

 

Vantagens de fazer o gerenciamento do FAP

 

O gerenciamento do FAP é importante para garantir que esse índice esteja sempre baixo e, assim, reduzir o valor do SAT e os custos da empresa. As principais vantagens de fazer o gerenciamento do FAP são:

  • Redução de custos: com um FAP baixo, a empresa pode reduzir o valor do SAT e, consequentemente, os custos com segurança do trabalho e saúde ocupacional.
  • Maior competitividade: ao reduzir os custos, a empresa se torna mais competitiva no mercado.
  • Melhoria do clima organizacional: quando a empresa investe em segurança do trabalho, os funcionários se sentem mais valorizados e seguros, o que pode melhorar o clima organizacional e reduzir o número de afastamentos e acidentes de trabalho.
  • Cumprimento da legislação: o gerenciamento do FAP é uma obrigação legal, e o não cumprimento pode levar a multas e sanções.
  • Identificação de áreas de risco: ao fazer o gerenciamento do FAP, é possível identificar as áreas de risco da empresa e implementar medidas de prevenção mais eficazes.
  • Redução do número de acidentes de trabalho: com um FAP baixo, a empresa tende a ter menos acidentes de trabalho, o que é bom para a saúde dos funcionários e para a imagem da empresa.
  • Melhoria da produtividade: quando a empresa investe em segurança do trabalho e saúde ocupacional, os funcionários tendem a ficar mais saudáveis e produtivos, o que pode aumentar a produtividade da empresa.

 

Livon: a solução para a gestão efetiva do Fator Acidentário Previdenciário

 

Você está cansado de pagar um alto valor de contribuição para o Seguro de Acidente de Trabalho (SAT)? Sabia que a sua empresa pode pagar neste momento mais do que o necessário por não efetuar a gestão correta do Fator Acidentário Previdenciário (FAP)?

A Livon é uma empresa especializada em gestão do FAP, com a missão de auxiliar na redução do índice de frequência, gravidade e custo dos acidentes e doenças ocupacionais, e, consequentemente, diminuir o valor da alíquota do SAT.

Com a nossa expertise em gestão do FAP, podemos auxiliar sua empresa a identificar os principais fatores que contribuem para o aumento do índice de acidentes e doenças ocupacionais, elaborar planos de ação para reduzir esses riscos e realizar o acompanhamento dos resultados ao longo do tempo.

Além disso, a Livon oferece um serviço personalizado, com um time de especialistas prontos para entender as necessidades da sua empresa e buscar soluções efetivas para a prevenção de acidentes e doenças ocupacionais.

Não perca mais tempo e dinheiro com o pagamento de alíquotas elevadas do SAT. Acesse nossa calculadora FAP e saiba qual o valor do Fator Acidentário Previdenciário da sua empresa.

Compartilhe este conteúdo

LinkedIn
WhatsApp

Plataforma SaaS da Livon

Não perca tempo, entrem em contato agora e conheça melhor plataforma EHS do mercado

Os mais lidos:

A Importância da Saúde Mental no Ambiente de Trabalho

Abordamos os desafios enfrentados pelas empresas, como o estigma da saúde mental, ambientes de trabalho tóxicos e sobrecarga de trabalho. Discutimos as consequências, incluindo absenteísmo, queda de produtividade e aumento de custos com saúde. Ambientes hostis aumentam o estresse e afetam a reputação da empresa, afastando talentos.

Leia mais »
logo livon